Rio Preto Brasilia- Sua Distribuidora de produtos: Brasil Kirin - Ducoco

    Desde pelo menos 4 000 a.C, a cerveja já era conhecida pelos sumérios, egípcios e mesopotâmios. Suas características (tipo, sabor e cor) variavam muito, já que os ingredientes usados para fazer a cerveja mudavam de acordo com cada local.


    A notícia mais antiga que se tem da bebida é de 2600 a 2350 a.C. No Hino a Ninkasi, a deusa da cerveja, foram encontradas menções de que os sumérios já produziam cerveja. Já na Babilônia eram feitos diferentes tipos da bebida, originados de várias combinações de plantas e aromas, além do uso de quantidades variadas de mel. O Código de Hamurabi, rei da Babilônia entre os anos de 1792 e 1750 a.C., continha leis que regulamentavam a comercialização, a fabricação e o consumo da cerveja.


    No antigo Egito, a cerveja teria sido inventada para ajudar quem não tinha como pagar pelo vinho. Em hieróglifos e outras obras artísticas podem ser vistas referências ao gosto dos egípcios pelo henket ou zythum, apreciada por todas as camadas sociais. Até um dos faraós, Ramsés III, ficou conhecido como "faraó-cervejeiro" após doar aos sacerdotes do Templo de Amon 466.308 ânforas ou aproximadamente um milhão de litros de cerveja feitos em suas cervejeiras.


    Já na vida dos primeiros romanos a cerveja até teve uma certa importância, o que acabou durante a República Romana. Nessa época, o vinho substituiu a cerveja como a bebida alcoólica preferida dos romanos e passou a ser considerada uma bebida própria de bárbaros.


    Até tempos relativamente recentes, a maior parte das cervejas era do tipo que agora conhecemos como ales. As lagers só foram descobertas no século XVI, por acidente, quando a cerveja era guardada em frias cavernas durante longos períodos. Desde então, elas ultrapassaram largamente as cervejas tipo ale em volume de produção e consumo.

    A Brasil Kirin fará uma reformulação completa em sua linha de refrigerantes. Antes chamada de Schin Refri, a divisão ganha o nome de Viva Schin e terá, além de uma nova identidade visual, uma nova face em suas embalagens e também em sua linha de comunicação.

    A nova marca será apresentada ao público a partir dessa semana, em sinergia com o conceito "Viva Junto. Viva Schin". A marca reforçará a importância dos momentos importantes e felizes compartilhados entre pessoas que se gostam e irá reforçar seus atributos na comunicação, como o programa Açúcar na Medida, que vem reduzindo gradativamente a quantidade de açúcares presentes nos refrigerantes da Brasil Kirin.
    As embalagens dos produtos também serão modificadas, ganhando mais cores e um visual mais moderno. A linha Viva Schin terá refrigerantes nos sabores Guaraná, Guaraná Zero, Laranja, Limão, Citrus e Uva.
    Para divulgar a novidade, o grupo fará uma campanha em diversos canais de comunicação, com comerciais na TV aberta, rádio, mídia exterior e redes sociais. Um site também irá reunir todas as informações da nova linha. Veja uma das peças: